Colelitíase - Grupo Surgical
Período Pré-operatório
27 de março de 2017
Doença Diverticular
25 de abril de 2017

Colelitíase

A colelitíase, popularmente conhecida como pedra na vesícula, consiste na formação de cálculos biliares no interior da vesícula biliar, sem que haja o processo infeccioso.

Quanto mais gordura tiver na dieta da pessoa com colelitíase, maior será a estimulação da vesícula biliar, por isso é importante o acompanhamento nutricional junto ao médico para o monitoramento da evolução do quadro clínico, cujo tratamento é predominante alimentar e cirúrgico. Os cirurgiões indicam que a cirurgia seja eletiva, de preferência, pois o risco cirúrgico é maior quando há uma crise mais aguda.

Alguns alimentos e preparações deverão ser evitados enquanto a doença está instalada:

  • Leite, iogurte ou coalhada integrais;
  • Queijos gordurosos (quanto mais amarelo, mais gordura);
  • Doces, sorvetes de massa e cremosos, bolos ou tortas doces que contenham creme de leite, coco, chocolate, chantili, castanhas;
  • Biscoitos amanteigados, massa folhada, torta de massa “podre” como empada e empadão, quiches;
  • Banha animal, bacon, toucinho, torresmo;
  • Carnes gordas, pele de aves, peixes gordurosos (sardinha, cavala, salmão, pacu, pintado), frios (mortadela, copa, salame, presunto) e embutidos (linguiças e salsichas) gordos;
  • Sanduiches gordurosos;
  • Alimentos fritos, milanesa ou empanados imersos no óleo;
  • Manteiga, maionese, margarina;
  • Frutas oleaginosas (nozes, castanhas, amêndoas, avelãs, macadâmia, amendoim);
  • Frutas com alto teor de gordura como a polpa do coco e o abacate.

Preferir uma alimentação saudável, com leite e derivados desnatados (menor quantidade de gordura), queijos magros (versão light, ricota ou cottage), usar pouco óleo nas preparações, carnes magras (aves sem pele, peixes (pescada, cação e merluza), alimentos cozidos, ensopados, assados, grelhados ou refogados com pouco óleo (evitar fritura), verduras e legumes de todos os tipos, cereais de preferência integrais (arroz, milho, trigo, aveia, centeio), tubérculos (batata, mandioca, cará, inhame, mandioquinha) e leguminosas (feijão, ervilha, grão de bico, lentilha ou soja), todos temperados com temperos naturais.

Ao Grupo Surgical,
Dra. Vanessa Cordioli Milani
Nutricionista Especialista Clínica
Nossa Clínica 19 3408-0151 / 3462-5655
Fan page: Nutricionista & Coach Vanessa C. Milani
Dúvidas / atendimento on line: dra.vanessamilani@yahoo.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido